1º de abril: A origem do Dia da Mentira - Formigueiros.com
Formigueiros

1º de abril: A origem do Dia da Mentira

Dizem que existem muitas explicações para o surgimento do Dia da Mentira. Considerada uma data de trotes e mentiras, esta data tem maior difusão pela sua origem na França.

Até o início do século XVI, o Ano Novo, acreditem, era comemorado a partir do dia 25 de março e tinha sua ‘virada’ em 1º de abril. Entretanto, o rei da França, Carlos XI, decretou que a partir daquele momento o Ano Novo passaria a ser no dia 1º de janeiro.

Alguns aceitaram o decreto com mais facilidade. Enquanto outros não se conformavam com esta imposição do calendário gregoriano, e continuaram comemorando a festa nas datas anteriores.

Para estas pessoas iniciaram uma série de trotes, como presentes não-convencionais e convites para festas no primeiro de abril, em locais que não existiam. Estas ‘peças’ foram pregadas e propagadas por toda a França, e os resistentes não sabiam se os convites que recebiam para as festas de ‘reveillon’ eram reais ou não e acabavam ‘pagando mico’. Aproximadamente 200 anos depois, as brincadeiras se espalharam pela Inglaterra e pelo mundo, chegando ao Brasil somente em 1848 com a publicação do periódico ‘A Mentira’, que teve em sua primeira edição o anúncio falso da morte de D. Pedro. Alguns sites afirmam que a origem do jornal foi em Pernambuco, enquanto outros dizem ter sido em Minas Gerais. O fato é que a repercussão tomou conta do país, e estas brincadeiras e trotes tem sido cada vez mais criativas, principalmente com o apoio de ferramentas como a internet.

Supertições

– Dizem que as brincadeiras ou trotes devem ser feitos antes da meia-noite, pois, caso contrário, pode trazer má sorte ao pregador;

– Aqueles que recebem a brincadeira sem tolerância (ou seja, não sabem ‘levar na esportiva’) também podem sofrer de má sorte;

– Se um homem receber um trote de uma bela menina, este será recompensando com um excelente matrimônio ou com a amizade da bela.

Mentiras pelo mundo

– “A Mentira”, em 1º de abril de 1848, apresentou como notícia o FALECIMENTO de D. PEDRO, fato que não havia acontecido;

– Em 1940, Walt Disney criou uma versão para o clássico infantil Pinóquio, com desenho animado, dando ênfase à brincadeira, mostrando para a criançada o quanto mentir pode ser ruim e prejudicial para a vida das pessoas;

– Ziraldo, um escritor brasileiro da literatura infanto-juvenil, também conta histórias sobre as mentiras, através do tão famoso personagem o MENINO MALUQUINHO. Em “O Ilusionista”, Maluquinho descobre o mal provocado por roubar, fingir e mentir;

– A REVISTA ISTO É, de São Paulo, nº 11 1488, edição de 8 de abril de 1998: “A África do Sul comprou Moçambique por US$ 10 bilhões. 0 anúncio do negócio fora feito na Organização das Nações Unidas pelo presidente sul-africano Nelson Mandela. Deu no jornal Star, de Johannesburgo; foi desmentido;

– A RÁDIO MEDI, DE TÂNGER, NO MARROCOS, noticiou que o Brasil não iria participar da Copa do Mundo porque o dinheiro da seleção seria usado na luta contra o incêndio em Roraima;foi desmentido;

– DIEGO MARADONA, ex-capitão da seleção argentina de futebol, é o novo técnico da seleção do Vietnã. Deu nos principais jornais vietnamitas; foi desmentido;

– Ao deixar o Senegal, o presidente americano BILL CLINTON seria acompanhado de uma comitiva formada pelos primeiros 50 senegaleses que fossem à embaixada para pedir visto de entrada nos EUA. Assim informou o jornal Le Soleil, do Senegal. Centenas de senegaleses acreditaram na mentira e correram para a embaixada americana.” Foi desmentido.

Mentirinhas do dia-a-dia

– Culpar o tráfego pelo atraso.

– Dizer ‘obrigado pelo presente, era exatamente, o que eu estava precisando!’
– ‘Somos apenas bons amigos’.
– ‘Estou sem troco, leve uma balinha’.
– ‘Eu estava passando por aqui e resolvi subir’.
– ‘Puxa, como você emagreceu!’
– ‘Essa roupa é a sua cara’!
– ‘Não vou contar pra ninguém!’
– ‘Eu não pude evitar’.
– Ao telefone: ‘Ele não está, quer deixar recado?’

Enfim, pessoal… O Dia 1º de abril é pra ser uma data divertida e não um pesadelo. Então, brincar é bacana, dar várias gargalhadas é altamente saudável, mas respeito é fundamental. A brincadeira tem que ser divertida para ambos os lados. Estamos cansados de trotes de má fé, certo? A todos, um feliz Dia da Mentira 😉

Fontes: Wikipedia, Direito e Poesia e Folha de Várzea Grande

Categorias: Formigueiros
Tags: , , , ,
abril 1, 2010 | Por Arteira | Comente

Comente