Mitos sobre o fim do mundo em 2012 - Formigueiros.com
Formigueiros

Mitos sobre o fim do mundo em 2012

Um assunto que vem tomando grande repercussão desde quando surgiram os primeiros passos da produção do filme ‘2012’ é a de que o mundo vai acabar em 21 de dezembro de 2012. Não gosto muito do tema. Não por medo, mas pela forma que isso mexe com a cabeça das pessoas. As pessoas deixam de viver suas vidas de maneira saudável para viver em prol do fim do mundo. Algumas pessoas já pensam até em cometer suicídio, outras pensam em matar seus filhos (e se matar) para que não se possa vivenciar tal catástrofe… Nossa! Isso sim dá margem para que ‘a profecia se concretize’, certo?

Então, para contrapor todos os argumentos sobre o fim do mundo, o blog Web Evangelista, extraído do site do Terra, aponta 6 mitos sobre o fim do mundo que foram derrubados por cientistas:

fim

#Mito 1: Previsão maia do fim do mundo em 2012

O calendário maia não termina em 2012, mas a data de 21 de dezembro de 2012 é sim importante para os maias, pois indicam o fim de um ciclo e o início de um novo (ou seja, não necessariamente uma catástrofe). Eles nunca previram essa data como fim do mundo (Anthony Aveni, especialista em povo maia e arqueoastrônomo da Universidade Colgate em Hamilton, Nova Iorque).

“A idéia é que o tempo se renova, que o mundo se renova novamente – muitas vezes após um período de estresse – da mesma forma que renovamos o tempo no dia do Ano Novo ou mesmo na segunda-feira de manhã”. Aveni.

#Mito 2:  Continentes em ruptura vão destruir a civilização

Os cientistas descartam acontecimentos drásticos como os demonstrados no filme 2012, mas têm especulado sobre um deslocamento bem mais sutil, mas para isso a distribuição de massa da terra deveria mudar radicalmente, causando derretimento das calotas polares. A evidência magnética existente nas rochas confirmam sim que o continente passou po um re-arranjo drástico, mas o processo levou milhões de anos! Lento o bastante para a humanidade não sentir o movimento (Adam Maloof, geólogo da Universidade de Princeton, estudante extensivo sobre os deslocamentos polares). Ou seja, não é algo que vai acontecer, mas que já vem acontecendo a milhões de anos sem nem percebermos.

#Mito 3: Alinhamento galáctico revela perdição

Alguns observadores do céu afirmam que em 2012 haverá um alinhamento galáctico, que irá acontecer pela primeira vez após 26.000 anos. Alguns temem esse alinhamento por achar que a Terra estará exposta à forças desconhecidas. Na verdade, todo solstício passa por um tipo de alinhamento sem trazer alteração alguma na luz do sol ou da lua. É apenas mais um fenômeno que não tem relevância alguma para a ciência.

Astrônomos maias construíram observatórios e através dos céus noturnos e da matemática, aprenderam a prever com precisão eclipses e outros fenômenos celestiais. Aveni observa que a data de início do atual ciclo foi provavelmente associada a uma passagem do zênite solar, quando o sol cruza diretamente sobre nossas cabeças e sua data de término cairá no solstício de dezembro, talvez intencionalmente. Ou seja, essas escolhas no calendário maia podem indicar que seu calendário está intimamente ligado com os períodos sazonais de agricultura, principal atividade de sobrevivência dos povos antigos.

#Mito 4: O planeta ‘X’ está em rota de colisão com o planeta Terra

‘Não há objeto nenhum por aí’, afirma Morrison, astrobiólogo da NASA. Essa história foi polemizada por uma mulher em 2003 que disse ter recebido mensagens de extraterrestres sobre o fim do mundo ligado ao Planeta X (ou Nibiru).

‘Se houvesse um planeta ou uma anã marrom ou qualquer objeto que fosse estar no interior do sistema solar daqui há 3 anos, os astrônomos o teriam estudado na última década e ele seria visto a olho nu hoje’, afirma Morrison.

#Mito 5: Tempestades solares irão devastar a Terra

A atividade solar cresce e diminui em ciclos de aproximadamente 11 anos. Grandes labaredas podem sim danificar as comunicações e outros sistemas da Terra, mas a cientistas não tem indicações de que o sol, a curto prazo, irá lançar tempestades fortes o suficiente para fritar o planeta.

#Mito 6: Os mais tinham previsões claras para 2012

Muitos estudiosos sobre monumentos maias afirmam que este império não deixou nenhum registro claro que comprovasse que qualquer coisa específica aconteceria em 2012. Eles apenas retrataram um fato desagradável (sem data) no cenário do fim do mundo, escrito em 1100, conhecido como Código de Dresden. Aveni disse que o cenário não deve ser interpretado ao pé da letra, mas como uma lição sobre o comportamento humano. Ele associa esses ciclos ao nosso próprio Ano Novo, quando uma era acompanhada de problemas e estresse é deixada para trás para que possamos começar do zero, para refletirmos e começarmos o ano seguinte de maneira melhor. ‘O que é lido nesses monumentos de longa contagem, são eventos que ligavam os governantes maias a seus ancestrais e ao divino. Quanto mais você planta suas raízes no passado, mas ele será legítimo’. Conclui o arqueoastrônomo.

Categorias: Formigueiros
Tags: , , , ,
novembro 24, 2009 | Por Arteira | 1 Comentário

1 Comentário to “Mitos sobre o fim do mundo em 2012”

  1. simone:

    olha lendo isso eu fico mais aliviada…pois ja ouvi li e assisti cada absurdo sobre 2012 que olha…espero que até lá muitas outras coisas sejam mitos..gostaria que 2012 fosse um mito…pois ja estamos deixando de viver a nossa vida normal com tudo isso…estamos sem saida…soh sei de uma coisa,vo tenta curti a minha vida da melhor maneira possivel…não vo deixar isso tudo me levar para o fundo do posso…foi muito bom ler isso tudo aiii…

Comente