Final da Copa Sul-Americana: Internacional vence o Estudiantes por 1 a 0 - Formigueiros.com
Formigueiros

Final da Copa Sul-Americana: Internacional vence o Estudiantes por 1 a 0

Com a vitória de ontem, o Internacional de Porto Alegre deu um importante passo rumo à conquista inédita da Copa Sul-Americana, pois derrotou o Estudiantes de la Plata fora de casa por 1 a 0 em um jogo dificílimo e extremamente pegado.

Tão pegado que culminou com a expulsão e conseqüente suspensão do volante Giñazul, que estará impossibilitado defender o colorado na última parte da grande final em Porto Alegre.

Mas o pior é que Giñazul, atleta de grande importância para a equipe, foi expulso de campo ainda no primeiro tempo em uma jogada para lá de infantil, onde ele puxou o pé de apoio do experiente Veron depois de já Ter perdido a bola e estar fora de combate.

E foi justamente devido ao mal comportamento do seu volante que o Internacional passou por maus bocados na partida, chegando muito perto de entregar o ouro ainda no primeiro tempo de jogo.

Mas foi aí que brilhou a estrela de Nilmar.

Com uma velocidade e garra fora do normal, o leve atacante infernizou a pesada zaga argentina e “cavou” um pênalti que foi cobrado de forma muito competente por Alex, estabelecendo-se uma vantagem da qual a equipe brasileira não iria se desfazer até o término da partida.

DESTAQUES DA PARTIDA:

 O meia D’Alessandro destacou-se por Ter mantido a bola no chão, “acalmando” o jogo e organizando o grupo já abalado pela saída de Giñazul.

 O meia Alex destacou-se igualmente pelos excelentes passes que deu e pela grande calma e espírito de liderança que demonstrou quando da cobrança das penalidades (foram duas pois houve invasão na primeira e o árbitro mandou voltar).

O atacante Nilmar foi essencial pela sua grande velocidade e objetividade, o que possibilitou as saídas rápidas em contra-ataque, muitas vezes até com ligação direta entre a defesa e o ataque, o que desafogou um pouco o sistema defensivo além de manter os adversários inseguros nas idas ao ataque.

A defesa toda também parece digna de menção (incluindo o goleiro Lauro que protagonizou verdadeiros milagres) , já que foi o setor mais exigido durante todo o tempo de jogo.

Destaque também para a garra e espírito de união de toda a equipe que permaneceu firme durante todos os 90 minutos de jogo e lutou bravamente até o final, conseguindo sair da casa adversária com o resultado favorável.

Categorias: Esporte
Tags: , , , ,
novembro 27, 2008 | Por Thiago | Comente

Comente