São Paulo vence o Náutico no Morumbi com gol de Ernanes - Formigueiros.com
Formigueiros

São Paulo vence o Náutico no Morumbi com gol de Ernanes

Já faz algum tempo que venho me deparando, dentro do campeonato brasileiro, com determinados tipos de jogos em que uma das duas equipes simplesmente se abstém de jogar, visando conseguir um miraculoso ponto que, reconhecidamente, só poderá ser conquistado no anti-jogo, neutralizando o adversário, atormentando-o, impedindo-o de fazer o que veio até ali para fazer, em suma, atrapalhando o espetáculo.

E nestas partidas, futebol mesmo que é bom, ninguém consegue ver.

Tem sido assim em alguns jogos da nossa seleção brasileira e foi assim no jogo de hoje em que o São Paulo conseguiu vencer, à duras penas, o pobre Náutico no Morumbi por 1 a 0, gol de Ernanes aos 37 minutos do segundo tempo.

E, não fosse pela impressionante competência de Ernanes, ao perceber que a única forma de furar a retranca adversária era com uma bola de surpresa de fora da área, a partida teria terminado no 0 a 0 mais pacato e frouxo de todo o campeonato.

Mas não culpemos demais o São Paulo pela sua falta de traquejo futebolístico.

 Realmente a defesa do Náutico estava quase que intransponível. Era aterrador aquela visão de duas linhas de 5 homens, fazendo um total de 10 pessoas ocupando apenas uma metade do campo e impedindo qualquer ação de quem quer que se propusesse a jogar futebol.

Para se Ter uma idéia, até mesmo as laterais do campo estavam congestionadas, o que obrigou o goleirão Rogério Ceni – que gozava de grande liberdade para jogar com os pés, já que não havia nenhum alvi-rubro depois do meio-de-campo – a subir diversas vezes até a metade do gramado para armar os ataques são-paulinos, como se faz em um jogo de futsal.

A torcida, claro, ia ao delírio!

Mas, apesar de tudo, o futebol venceu.

E como diria Muricy Ramalho:
“A bola pune mano…”

Categorias: Esporte
Tags: , , , ,
outubro 9, 2008 | Por Thiago | Comente

Comente