Edmundo atua como goleiro e salva o Vasco de um vexame histórico - Formigueiros.com
Formigueiros

Edmundo atua como goleiro e salva o Vasco de um vexame histórico

A fala emocionada de Edmundo ao fim do jogo contra o Cruzeiro soou com um tom fúnebre:
– As coisas estão muito difíceis para a gente.

O capitão vascaíno – que saiu aos prantos do gramado depois de Ter substituído o goleiro Thiago, que foi expulso após o pênalti que deu origem ao terceiro gol do Cruzeiro – deu esta declaração após Ter salvo o Vasco de um vexame histórico.

O jogo foi 3 a 1 para o Cruzeiro, mas se não fosse a capacidade de Edmundo para liderar a equipe no momento de adversidade, organizando-a e atuando até mesmo como goleiro quando foi preciso, o time da Colina teria se desmanchado levando uma goleada que teria o efeito de uma bomba atômica na moral dos jogadores e na credibilidade da diretoria e comissão técnica.

Não sei se pela falta de capacidade técnica dos jogadores, não ser se por incompetência do treinador Tita em montar o time, o Vasco parecia um amontoado de loucos correndo atras da bola e dos adversários, fazendo faltas esdrúxulas e jogadas que não lembram nem de longe uma equipe de futebol profissional.

Apesar de não demonstrar um volume de jogo nem ao menos razoável, o Cruzeiro conseguiu atropelar o Vasco da Gama de uma maneira assustadora, demonstrando toda a falta de organização da equipe carioca e a sua inacreditável incapacidade de criar uma boa jogada que seja.

Se continuar apresentando este futebol, é melhor os vascaínos irem se preparando para ver o time jogar a segundona no próximo ano, pois tirando alguns clubes virtualmente já rebaixados, não consigo vislumbrar nenhuma equipe que jogue sem ao menos um jogador de criação no meio de campo.

A realidade é triste, mas sem Morais para fazer a meia, todas as esperanças se voltam para o bom ala Wagner Diniz, que sobrecarregado, acaba por Ter de levar o time todo nas costas.

O problema é que ontem o jogador se machucou logo no início da partida, o que deixou exposta essa fragilidade da equipe.

O alerta está soando em São Januário, e não vejo meios da equipe se recuperar há tempo.
Agora é contar com a sorte.

PS: Justiça seja feita, a cada jogo, o meia Madson vem se destacando e, não fosse ele, tudo poderia estar ainda pior para o Vasco da Gama.

edmundo goleiro

Categorias: Esporte
Tags: , , , ,
setembro 5, 2008 | Por Thiago | Comente

Comente