Olimpíadas de Pequim: Brasil perde para Argentina por 3 a 0 - Formigueiros.com
Formigueiros

Olimpíadas de Pequim: Brasil perde para Argentina por 3 a 0

argentina vence brasil

Três a zero, nem mais, nem menos.
Foi este o saldo final do confronto de hoje contra os argentinos pelas semifinais das Olimpíadas de Pequim.

Humilhado pelos maus resultados nos últimos jogos importantes, um exitante Dunga montou um esquema pífio, que privilegiava a marcação e esquecia o que sempre tivemos de melhor: a criação.

O jogo foi difícil pois os argentinos, “mordidos” com o resultado dos últimos confrontos contra a equipe de Dunga – onde perderam três dos quatro jogos disputados, levando 8 gols e não marcando nenhum – vieram para cima com tudo e passaram por cima do Brasil.

Brasil perde argentina

Nossa seleção, ao invés de retribuir os potentes ataques adversários, encolheu-se na defesa e agonizou durante os 90 minutos do jogo, onde foi protagonista de lances violentos e jogadas para lá de inócuas.

Ronaldinho, apesar de contar como um homem a menos, pois parece não Ter participado da partida – como é de praxe em momentos decisivos – foi quem chegou mais próximo de fazer um gol, numa cobrança de falta onde a bola explodiu na trave direita do goleiro platino.

Outro que chegou bem perto de marcar um gol foi Rafael Sobis, que, com um forte chute de fora da área, acertou o meio da mesma trave. A bola, caprichosamente, não quis entrar.

Anderson jogou bem mas não chegou momento algum no ataque, atrelado que estava na marcação de Lionel Messi. Ordens do confuso treinador que, impotente, ficou apenas assistindo ao massacre.

As substituições, feitas no segundo tempo quando o Brasil já tinha sofrido dois gols e o momento era de desespero, foram relativamente boas. Thiago Neves entrou no lugar de Hernanes, enquanto Pato substituiu Sobis, depois, Diego saiu para a entrada de Jô.

Neves, Pato e Jô eram necessários, mas não num momento como esse. Deveriam sim, Ter começado jogando. E quanto aos jogadores sacados da equipe, o pior em campo, o primeiro que deveria ser substituido era o “capitão” Ronaldinho, que contraditóriamente permaneceu na partida. Ordens da “gerência” e, aqui leia-se, Ricardo Teixeira.

No que se refere à postura defensiva da equipe, não credito a isso a nossa derrota, pois essa mesma postura estava presente nas quatro partidas anteriores onde encontramos êxito contra nossos hermanos fazendo-os até assumir uma certa posição de inferioridade – como ficou claro na ultima partida pelas eliminatórias, no Mineirão, onde os argentinos comemoraram o empate por zero a zero como uma grande vitória.

olimpiadas pequim brasil

O que tem de ser questionado não é a efetividade do esquema, mas sim o porque de escolhê-lo logo agora quando o Brasil tem um grupo um pouco mais forte e poderia Ter conseguido se impor pela técnica.

É compreensível que se jogue retrancado quando se está com um elenco daqueles que tivemos na Copa América, onde o meio campo tinha Mineiro, Josué e Gilberto Silva. Mas jogar assim com Lucas, Hernanes, Anderson, Diego, Thiago Neves e companhia é absurdo, é covardia.

Tinhamos que Ter partido para cima deles.
Não partimos, perdemos e agora estamos nos sentindo humilhados.
Tomara que Dunga entenda isto nos próximos jogos pelas eliminatórias que ocorrerão no dia 7 e 10 de Setembro.

maradona comemora

Categorias: Esporte
Tags: , , , ,
agosto 19, 2008 | Por Thiago | 1 Comentário

1 Comentário to “Olimpíadas de Pequim: Brasil perde para Argentina por 3 a 0”

  1. Andre de Aguiar:

    Tomara que o Dunga saia. Só um Aru p/ querer q ele continue.

Comente