Maradona critica Messi e causa polêmica na imprensa argentina - Formigueiros.com
Formigueiros

Maradona critica Messi e causa polêmica na imprensa argentina

Como vovó já dizia, “em boca fechada não entra mosca”.
E quem abriu a boca e soltou o verbo nesta semana foi o ídolo argentino Diego Armando Maradona, que comentou o veto do craque Lionel Messi, proibido pelo Barcelona de defender as cores da camisa argentina nos jogos de Pequim.

Aspas para Maradona: “Creio que falta um pouco de caráter ao Messi. Tomara, peço a Deus, que ele ganhe através do futebol”, afirmou o ex-jogador, que ainda disse que teria se apresentado à seleção argentina de qualquer maneira, deixando que o esperassem lá na Catalunha. Segundo ele, “Messi tem que decidir por si mesmo. É um momento para ser mais homem. É uma grande oportunidade para crescer”, dispara Dieguito.

 

Mas como o próprio Maradona sabe, e o disse também em entrevista, que os tempos agora são outros. Hoje o futebol é um negócio dos mais importantes e lucrativos, e isso é alegado por todos como motivo para que os atletas pensem somente na carreira dentro dos clubes que defendem pelo mundo à fora, deixando de lado as seleções de seus países.

maradona messi

Mas, chamemos atenção para uma outra face dessa história.
Justamente por ser um negócio onde correm tão altas cifras, é que o futebol atual permite que o atleta de ponta, mercadoria premium que é, tenha a liberdade de decidir o seu próprio destino.

O que Maradona quer dizer, e eu também o digo, é que se por acaso um craque como Lionel Messi quisesse mesmo topar a parada contra o Barcelona, o faria com êxito, pois time nenhum do mundo correria o risco perder o craque ou mesmo ousaria puní-lo, colocando-o na reserva e desvalorizando-o para o mercado internacional.

Por isso é que é inadmissível que jogadores como Messi e Kaká abstenham-se de defender as cores de seus próprios países, em prol de uma fictícia segurança as equipes onde trabalham.

messi não irá pequim

Mas o que é mais engraçado nessa história toda, é que o ídolo maior do futebol Argentino é também a grande inspiração de Lionel Messi, que já deu diversas declarações de reverência ao mestre. Inclusive, durante a Copa da Alemanha, Messi jogou com a frase “A mão de Deus” escrita em suas chuteiras, fazendo uma clara homenagem ao histórico gol de Dieguito.

Mas, sinceramente, eles que são argentinos que se entendam, quem brinca com fogo pode se queimar e o futebol é uma caixinha de surpresas.
E como vovó já dizia, em boca fechada não entra mosca.

Comente