Fúria vence nos pênaltis - Formigueiros.com
Formigueiros

Fúria vence nos pênaltis

espanha comemora classificação

Foi a vitória do bom futebol.

Depois das desclassificações de Portugal e Holanda nestas quartas-de-final da euro 2008, todos os amantes do futebol bem jogado temiam por uma derrota espanhola contra a retrancadíssima Itália.

E a derrota não aconteceu por pouco. Não foi somente o peso da camisa italiana que assustou os espanhóis impedindo-os de demonstrar todo o seu potencial. A defesa da seleção italiana era fortíssima e não foi uma tarefa fácil superá-la. Zambrotta, Panucci, Chiellini, De Rossi e companhia bateram muito, deixando os adversários nervosos e a partida demasiadamente truncada.

bufon

O jogo foi todo dos espanhóis. Foram eles quem dominaram a posse da bola sendo os verdadeiros protagonistas da partida. Mas nem mesmo a categoria das tabelas entre os atacantes Davi Villa e Fernando Torres foi suficiente para neutralizar o “Ferrolho” italiano.

Aparentemente, a Itália se reconhecia inferior e procurava fechar-se na defesa, apostando apenas nos contra-ataques e, principalmente, nas jogadas aéreas para Luca Toni.

disputa de bola

A partida foi disputada palmo a palmo, sendo muito brigada, mas o gol que é bom não saiu e o jogo terminou mesmo no zero a zero. A prorrogação também não animou pois ambas as equipes ficaram receosas de se abrir para o contra-ataque adversário.

A vaga teria que ser decidida nos pênaltis, e foi aí que brilhou a estrela do goleiro espanhol Ike Cassillas (Real Madrid), que, ao pegar as cobranças de De Rossi e Di Natale, classificou a Fúria para a semifinal da Eurocopa 2008.

As semifinais ocorrerão à partir de Quarta-feira da próxima semana e a Espanha tem ótimas chances de obter uma classificação, para a grande final, diante da jovem Rússia. Seria uma imensa vitória para uma seleção marcada por fiascos históricos, poder superar a fama que tem de ser um time sem chegada.

Elenco eles tem. Todos tem renome internacional, do goleiro ao atacante. Para termos uma idéia, basta lembrar que um dos melhores jogadores do campeonato inglês, Cesc Fábregas, é reserva do time, que conta ainda com nomes como Andrés Iniesta e Xavi (Barcelona), Fernando Torres (excelente atacante do Liverpool), Davi Villa (artilheiro da Euro) e o goleirão Ike Cassillas. Tudo isto sob o comando do ótimo técnico Luiz Aragonés.

Essa Espanha tem tudo para fazer história.

casillas

Ficha técnica:

Casillas, Sergio Ramos, Marchena, Puyol e Capdevila; Marcos Senna, Xavi (Fábregas), Silva e Iniesta (Cazorla); Villa e Torres (Güiza). Técnico: Luis Aragonés.

Buffon, Zambrotta, Panucci, Chiellini e Grosso; Aquilani (Del Piero), De Rossi, Ambrosini e Perrotta (Camoranesi); Cassano (Di Natale) e Luca Toni . Técnico: Roberto Donadoni.

Estádio: Ernst-Happel, em Viena (AUT). Data: 22/06/2008.

Árbitro: Herbert Fandel (ALE). Auxiliares: Carsten Kadach (ALE) e Volker Wezel (ALE).

Categorias: Esporte
Tags: , ,
junho 22, 2008 | Por Thiago | Comente

Comente