Blitz Alemã desclassifica Portugal - Formigueiros.com
Formigueiros

Blitz Alemã desclassifica Portugal

torcedor alemão

Pode anotar: se camisa não ganha jogo, ajuda um bocado.

Não há quem diga, tendo assistido aos jogos desta sensacional Euro 2008, que a seleção alemã poderia sobrepujar os portugueses em um jogo justo.

O selecionado português é nitidamente mais técnico, mais habilidoso. Tem jogadores como João Moutinho, Deco, Nani, além de nada mais nada menos que Cristiano Ronaldo, considerado o melhor jogador do mundo na atualidade.

O problema é que os Alemães tem um estilo de jogo muito astuto. Com um pragmatismo aterrador, eles vão empurrando os adversários nos primeiros minutos de jogo até que eles se encolham no setor defensivo, sendo este o momento que eles escolhem para mandar bolas cruzadas e no bate-rebate, dentro da área, sempre acabam por conquistar seus gols.

Hoje à tarde não foi diferente. A Alemanha começou a partida com a sua conhecida Blitz, partindo pra cima dos portugueses que se defendiam. Até que aos 21 minutos do primeiro tempo, o meia Schweinsteiger aproveitou cruzamento de Podolski depois de grande tabela pela esquerda para marcar 1 a 0 para os alemães. A Blitz continuou e, apenas cinco minutos depois, Klose ampliou de cabeça.

Mas os portugueses tinham Cristiano Ronaldo que, aproveitando-se da queda de ritmo dos alemães, chutou colocado fazendo o goleiro Lehmann rebater nos pés de Nuno Gomes que diminuiu o placar para 2×1.

O segundo tempo começou com os Portugueses, encorajados com a chance de empate, partindo para cima dos adversários. Porém, quem marcou foi a Alemanha aos 16 minutos com Balack de cabeça, aproveitando a falha do goleiro Ricardo.

Ainda houve tempo para mais um gol português aos 42 minutos mas o jogo já estava decidido.
O pragmatismo alemão venceu mais uma. Não há justiça no futebol.
portugal alemanha

Ficha Técnica:

portugalRicardo, Bosingwa, Pepe, Ricardo Carvalho e Paulo Ferreira; João Moutinho (Raúl Meirelles), Petit (Postiga), Deco e Cristiano Ronaldo; Simão e Nuno Gomes (Nani). Técnico: Luiz F. Scolari.

alemanhaLehmann, Friedrich, Metzelder, Mertesacker e Lahm; Schweinsteiger (Fritz), Ballack, Rolfes e Hitzlsperger (Borowski), Podolski e Klose (Jansen). Técnico: Joachim Löw.

Gols: Schweinsteiger; aos 21, Klose, aos 26, e Nuno Gomes, aos 41 minutos do primeiro tempo; Ballack, aos 16, e Postiga, aos 42 minutos do segundo tempo.

Categorias: Esporte
Tags: ,
junho 20, 2008 | Por Thiago | Comente

Comente