E agora? Depois de peder para o líder Paraguai a seleção brasileira enfrenta a Argentina na quarta-feira em um Mineirão lotado - Formigueiros.com
Formigueiros

E agora? Depois de peder para o líder Paraguai a seleção brasileira enfrenta a Argentina na quarta-feira em um Mineirão lotado

dunga

Muito se criticou o técnico Dunga pelo verdadeiro martírio vivido pela seleção brasileira em Assunção contra o Paraguai. Ao jogar com três volantes, dizem os críticos, o Brasil perdeu sua capacidade ofensiva por não Ter no meio de campo, jogadores habilidosos que favoreçam a criação de boas oportunidades para os atacantes.

O meia Diego, do Werder Bremen, que era pra executar esta função com maestria, como cansou de fazer no campeonato alemão onde é a estrela maior, não conseguiu criar nenhuma boa jogada, fazendo com que os nossos atacantes não tivessem a oportunidade de perder nem ao menos um gol, já que não receberam bola alguma em condição finalizar.

Em parte os críticos estavam certos, a seleção perdeu porque não criou. Mas não deixou de criar por causa da escalação dos três volantes que, de fato, esvaziou um pouco o meio-de- campo. Deixou de criar porque os laterais não apoiaram. Maicon e Gilberto simplesmente não cruzaram uma bola sequer com o mínimo de qualidade. Nossos laterais tinham que Ter criado as jogadas para suprir a ausência de um dos meias.

Assusta saber que os atacantes de um time do porte da seleção brasileira quase não tocaram na bola durante os 90 minutos de uma partida. E o pior é saber que a entrada de Anderson, meia do Manchester United, nosso único reserva capaz de desempenhar a função de criação, não conseguiu dar um melhor rendimento ao meio-de-campo brasileiro.

Agora nos resta esperar que na Quarta-feira, jogando dentro de casa contra a Argentina, nossa seleção possa mostrar um futebol um pouco mais ofensivo, mais clássico, mais brasileiro.

Categorias: Esporte
Tags:
junho 16, 2008 | Por Thiago | Comente

Comente